sexta-feira, fevereiro 02, 2007

Predadores!

“ O problema de Kaposso e que havia tubarões mais gordos ou mais fortes”. Esta é uma das passagens do último romance do célebre Pepetela que me fez reflectir. Das muitas modas que vemos, a mais incómoda é a clara delapidação (material e moral) que os angolanos sofrem. O roubo é descarado, aberto. As “ comichões” inexplicadas, a gatunagem aberta e a vontade de enriquecer sem justificação é e hoje um passo snob de afirmação social na minha Angola. A referência, de Pepe aos “ Kapossos” dos nossos dias não devia ser melhor abordada na história romanceada que um dos nossos “Camões” faz na sua obra. São cerca de 390 páginas da rocambolesca história de um novo-rico. O homem não olha a meios para cumprir com o seu objectivo, ou seja, engordar as custas de um povo minguante. A historia do homem que até muda de nome para parecer mais partidário; muda ainda de local de nascimento para ser próximo da terra do primeiro chefe. Mas Kaposso faz mais. Rouba, corrompe, mata, burla, afasta do seu caminho aqueles que pensa serem um incómodo. Come tudo e nada deixa para os demais. O glutão do Kaposso esquece-se, porém, de estudar, de aprender. Só sabe mandar. Pepetela é pois sublime nesta narração. O predador moderno que sabe que pode virar presa. O predador que conhece outros, mas contudo mais gordos e mais fortes. Grave. O romance que acabei de ler, pela segunda vez, faz - me olhar para sociedade contemporânea angolana. Uma obra recomendável. Um humano com sentido animalesco vira um voraz predador. Cuidado com os “ nossos” ...

4 comentários:

ps3785863 disse...

hello! A Good News,google introduce a very user-friendly browser,Free download Quickly,Please visit my blog thank you

Anônimo disse...

È uma pena que Angola tenha se transformado em coutada de alguns chicos espertos deixando a grande maioria a mofar na contigencia. È horrivel. Devemos denunciar sempre essas patifarias por a justiça tarda, mas acontece sempre. È preciso, acima de tudo, ter coragem para mudar o actual estado catamitoso de coisas. Horrivel seria as coisas continuaem com está. Porcaria de vida
L.C, Namibe

Anônimo disse...

Peço sempre atenção para que se escreva com realidade. Penso sempre que um blog serve mais ou menos parab isso. Mas, como sempre, liberdade tem limite. Força

Arnaldo JD

Salucombo_Jr. disse...

Hitler se foi;
Salazar se foi;
Mobutu se foi;
Saddam se foi;

como podemos ver, "felizmente" nada nem ninguem dura para sempre.