sexta-feira, julho 07, 2006

NESSAS " ANDANÇAS" PELA NET DESCOBRI ESTE LINDO POEMA. NÃO SEI DO AUTOR

O poeta é um fingidor finge tão completamente que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente E os que lêem o que escreve na dor lida sentem bem não as duas que ele teve mas só a que não têm"

Um comentário:

Laranja Góis disse...

Autopsicografia - Fernando pessoa


(...)
E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama o coração.