quinta-feira, outubro 26, 2006

A IMAGEM LINDA DA RADIO 2000

ANTENA COMERCIAL DO LUBANGO ....

5 comentários:

planaltobie disse...

Conheci o Lubango e tenho-o como uma terra mágica. Parabéns pela iniciativa, cá estarei para o criticar, e sobretudo apoiar.

Paulo Costa

Benedito Joaquim Kapala Kayela disse...

este é rosto do balcão do centro social da 2000. necesso tomava-se algumas cervas. mas acima de tudo tinham-se grandes conversas.

só um detalha, já que falei das cervejas, o que mais tomava era cá. mas isso tem um justificação: era gosto o café da tia Rita e mais era graça.

Benedito Joaquim Kapala Kayela disse...

Estou a corrigir o que acima escrevi.

Este é o rosto do balcão do centro social da Rádio 2000. Nesse local, nos momentos livres tomava-se algumas cervejas, isso em finais da década de 90 e princio de 00. Mas acima de tudo tinham-se grandes conversas.

Só um detalhe: já que falei de cervejas, o que mais se tomava era café. Mas isso tem uma jusfiticação. É que o café da Tia Rita era gostoso, e mais era de graça, de borla.

Tânia disse...

ola chamo-me tania sou do lubango mas resido em portugal e venho por este meio felicitar a minha radio preferida, coisa de que tenho muitas saudades para alem da cidade jardim claro. venho tambem denunciar uma situação que põe o nome da nossa terra na boca do mundo por motivos pouco bonitos. estou a falar de uma brincadeira de mau gosto feita por um canal de televisão barasileiro que de uma maneira humilhante ridiculariza a cultura mumuila e não só.
http://45649746/http://www.youtube.com/watch?v=ySWZXekdBkw
vejam o video e façam uma reflexão sobre o assunto. espero que façam juz ao nome da nossa terra e do nosso povo e denunciem esta pouca vergonha.

sem mais assunto me despeço felicitando a radio e a equipa.

Anônimo disse...

Chamo-me Filipe Queijo, moro em Portugal e gostava de saber alguma coisa sobre o Sr. Joaquim Kapala Kayela e sua familia. A minha mãe diz q ensinava a D. Celina se não me engano, a cozinhar, ela gostava de contacta-los já passaram muitos anos. Agradecia alguma resposta para o email filipe.queijo@iol.pt.